terça-feira, 29 de maio de 2012

Europa 2012 - III

Café da manhã no hotel, com o pão mais duro que já comi na vida...
O receptivo veio me buscar na porta e parti para um tour aos bosques de Viena. Ônibus até Bachau, Wachau e Spitz.














O dia, infelizmente, estava chuvoso e frio,

mas nada que tirasse a emoção de ir navegar no Danúbio.













video
Ainda mais com uma taça de Chardonay. A foto foi tirada por um indiano "chato", que me pedia para fotografá-lo a todo instante e queria retribuir...
Fotografei muito...
E chegando a Meltz e sua fantástica abadia, a inspiração para Umberto Eco escrever O Nome da Rosa, livro que amei e tenho em minha biblioteca.
Grande emoção: a porta principal da famosa biblioteca de O Nome da Rosa. A maior biblioteca religiosa da Europa, com mais de 110 mil volumes, atualmente em processo de digitalização, através de 3 monges autorizados. São sete salas, sendo 6 vedadas aos visitantes. Há, é proibido fotografar, mesmo sem flash.
Eu consegui essa, da primeira sala, antes de ser avisado...
Aqui, para quem curtiu a estória, a escada em caracol, descrita por Humberto Eco:

Veja a vista do pátio superior da abadia:
E o interior dela,
o altar principal,
o órgão com 1.500 tubos de prata
Mesmo com o tempo chuvoso e zero grau de temperatura, mais uma emoção vivida in loco!
Na volta a Viena,

jantar no restaurante Augustiner, no subterrâneo do Museo Albertina. Comida austríaca e à mesa, uma simpaticíssima professora inglesa, aposentada e sua filha.
Após o jantar, noite de sábado, o que fazer em Viena, senão ir à ópera?
O belíssimo teatro
Wiener Mozart Orchester, com direito a apresentações de um barítono e uma soprano.
O fechamento com a Valsa do Danúbio Azul, de Strauss, foi mais um sonho realizado. Executada publicamente pela primeira vez em 15 de fevereiro de 1867, num baile de carnaval, em uma piscina pública, identificou-se mais com a Áustria, do que o próprio hino do país. O nome correto é An der schonen blauen Donau, No Belo Danúbio Azul.
O vídeo a seguir foi gravado no deslumbrante Palácio de Schonbrunn.
video
Emocionante!!!
Agora, com 2 graus negativos, um táxi para o hotel, porque ninguém é de ferro. Uma cerveja alemã
e cama...

2 comentários:

  1. Belíssima viagem e uma história contada com tempero. Muito legal! Um abraço, Dórian

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado, meu caríssimo Dorian.
    Grande abraço do Bonfanti.

    ResponderExcluir