sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O ano

E setembro termina hoje. Amanhã começa o último trimestre de 2011.
Nossa, tenho tanto coisa ainda por fazer...

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Rock in Rio - Joss Stone

video
Right to be wrong


Eu tenho o direito de errar
Meus erros me farão forte
Estou entrando no grande desconhecido
Sinto que tenho asas embora eu nunca tenha voado
Eu tenho minha opinião
Eu sou de carne e sangue até o osso
Eu não sou feita de pedra
Tenho direito de errar
Sendo assim, me deixe em paz

Eu tenho direito de errar
Já me seguraram por muito tempo
Eu tenho que me libertar
para finalmente respirar
Tenho direito de errar
Cantar minhas próprias canções
E posso ficar desafinada
Mas com certeza me sinto bem assim
Tenho direito de errar
Apenas me deixe em paz

Você tem direito a sua opinião
Mas é realmente minha decisão
Eu não posso retornar, estou numa missão
Se você se importa, não ofusque minha visão
Me deixe ser tudo o que posso ser
Não me desmotive com negatividade
Qualquer coisa lá fora que está esperando por mim
E eu estou indo disposta a enfrentar

Eu tenho o direito de errar
Meus erros me farão forte
Estou entrando no grande desconhecido
Sinto que tenho asas embora eu nunca tenha voado
Eu tenho minha própria opinião
Eu sou de carne e osso até a alma
Eu não sou feita de pedra
Eu tenho o direito de errar
Eu tenho o direito de errar

Eu tenho direito de errar
Já me seguraram por muito tempo
Eu tenho que me libertar
para finalmente respirar
Tenho direito de errar
Cantar minhas próprias canções
E posso ficar desafinada
Mas com certeza me sinto bem assim
Tenho direito de errar
Apenas me deixe em paz

Rock in Rio - Stevie WonderRibbon in the sky

video
Ribbon in the sky

Há muito tempo eu rezo por esta noite
Que uma estrela guiará meu caminho
Dividir com você este dia especial
Onde uma faixa estará no céu por nosso amor

Se permitir, posso tocar sua mão.
E se agradou posso fazer mais uma vez, novamente, e você
também entenderá que existe uma fita no céu por nosso amor

Isso não é uma coincidência E distante, mais do que uma possibilidade de sorte.
Mas o que isso estava significando sempre
É nossa faixa no céu para o nosso amor

Nós não podemos perder com Deus do nosso lado
Nós encontraremos força em cada lágrima que chorarmos
De agora em diante será eu e você
E nossa faixa no céu
Uma faixa no céu pelo nosso amor.

Existe uma faixa no céu pelo nosso amor

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Rock in Rio - Jamiroquai

video

Sorria
Pois você é a única
Como lindos pássaros
Essa é a nossa canção
Te chamei para dançar
E agora estamos aqui sozinhos
Ninguém pode nos ver
Estamos a sós
Então qual é a sua ocupação? (Baby, não vai sorrir?)
Você está de passagem? (Que bom te ver sorrir)
Sem perder tempo perguntando, acho que estou certo
E é inevitável te amar quando você sorri
Então nos abraçamos
Como lindos pássaros
Essa é a nossa canção
Você é a única, baby (Apenas sorria)
Estamos perdidos na brisa
Como lindos pássaros (No céu)
Essa é a nossa canção
Não é tarde para um tango
E te quero a todo o tempo
Seus lábios foram feitos para me beijar
Baby, gosto do seu estilo
Sei que me sinto bem com você
Ainda me sinto assim com você
Sei que me sinto bem com você
E é inevitável te amar quando você sorri
Você é a única
Tudo perdido na brisa
Essa é a nossa canção
Você é a única, baby (Apenas sorria)
Então nos abraçamos
Como lindos pássaros
Essa é a nossa canção
E é inevitável te amar quando...
Venha, sorria pra mim

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Plenitude

E os que não se permitem viver o amor em sua plenitude sentem-se aprisionados, e delegam ao amor sua prisão, estupidamente cegos. A prisão é só o medo de amar, que pode até ser pânico; e quem dera ser "só"  esse medo fosse simples, esse medo é destrutivo, podendo ser de várias vidas ao mesmo tempo, e/ou com o passar do tempo... Um desabafo, ainda revoltado, do que vi bem de perto, e por muitos anos. Vida longa ao amor vivido sem medos e em sua plenitude! Eu vivo!!!!

(Lena Moraes)

Aprender sempre

Se todas as mães agissem como a personagem Griselda, de "Fina Estampa", certamente teríamos bem menos marginais e sem caráter no mundo...

Porque hoje é segunda-feira...

video

Samba do trabalhador

Vamos trabalhar minha gente!

Na segunda-feira não vou trabalhar
Na terça não vou pra poder descansar
Na quarta preciso me recuperar
Na quinta acordo meio-dia não dá (ê ê ê ah)
Na sexta viajo pra veranear (ê ê ê ah)
No sábado vou pra Mangueira sambar (ê ê ê ah)
Domingo é descanso, não vou mesmo lá (ê ê ê ah)

Mas todo fim de mês eu chego devagar (ê ê ê ah)
Por que é pagamento e eu não posso faltar
E quando chega o fim do ano, vou minhas férias buscar
E quero décimo terceiro pro natal incrementar

Eu não sei por que é que eu tenho que trabalhar,
Se tem gente ganhando de papo pro ar
Eu não vou, eu não vou, eu não vou trabalhar
Eu só vou, eu só vou se o salário aumentar (ê ê ê ah)

A minha formação não é de marajá
Minha mãe me ensinou a colher e plantar
Eu não vou, eu não vou, eu não vou trabalhar
Eu só vou, eu só vou se o salário aumentar

Tô cansado...

domingo, 25 de setembro de 2011

Boa semana

Quero ignorado, e calmo
Por ignorado, e próprio
Por calmo, encher meus dias
De não querer mais deles.
Aos que a riqueza toca
O ouro irrita a pele.
Aos que a fama bafeja
Embacia-se a vida.
Aos que a felicidade
É sol, virá a noite.
Mas ao que nada espera
Tudo que vem é grato.

(Fernando Pessoa)

sábado, 24 de setembro de 2011

Velozes e furiosos 5

Após assistir ao filme, passei a achar estranho tantas reclamações indignadas, feitas à época, por conta de mostrar uma polícia corrupta no Rio, etc, etc.
Não vi nada demais. Nada diferente do que assistimos no dia a dia. Estou errado?
Aliás, Tropa de Elite I e II mostram de forma séria e mais completa.
Há, já entendi: nós podemos falar, os outros não, né...
Quanto ao filme... bem, o filme é descartável, com uma história que chega ao absurdo de um cofre de aço arrastado por dois carros esporte, por meio Rio de Janeiro. Acho que não preciso dizer mais nada.

Lluvia de primavera

video
E a chuva chegou!
Chuvinha de primavera, por enquanto bem fraquinha. O suficiente pra ajudar no renascimento de nossos jardins.
Dancei e curti muito, ao som de "Llluvia de primavera", do argentino Bebu Silvetti, no final da década de 70...

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O interrogatório

O autor, Roderick Anscombe, é psiquiatra forense e professor de psiquiatria na Escola de Medicina de Harvard. Já trabalhou em uma prisão de segurança máxima, avaliando e tratando criminosos, inclusive sociopatas e serial killers.
A história de um sociopata, mestre da manipulação, em ação, quase fazendo o Dr. Paul Lucas perder a sanidade.
Bom romance policial.

Dodói...

Madrugada passada e meu corpo foi a 38,5 graus de temperatura!
Tentei trabalhar hoje cedo, mas tive que voltar, dispensado, depois do almoço.
Agora tô "quebrado" e não consigo nem postar direito aos meus fiéis seguidores...
Agora banho, sopinha e me esticar na cama... Dói o corpo todo!
Mas, como a prometida e anunciada chuva ainda não veio, amanhã é um novo dia, um novo fim de semana...

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Está chegando mais uma primavera

Quadro: Primavera, de Botticelli.

É amanhã, dia 23 de setembro, exatamente as 9 horas e 4 minutos. Tempo de desabrochar novamente!

Colhe a alegria das flores da primavera e brinca feliz enquanto é tempo. Sempre haverá os dias em que chegará o inverno e não terás o perfume das flores, nem o sol, nem a vivacidade das cores.
(Augusto Branco)


Quando tornar a vir a Primavera
Talvez já não me encontre no mundo.
Gostava agora de poder julgar que a Primavera é gente
Para poder supor que ela choraria,
Vendo que perdera o seu único amigo.
Mas a Primavera nem sequer é uma cousa:
É uma maneira de dizer.
Nem mesmo as flores tornam, ou as folhas verdes.
Há novas flores, novas folhas verdes.
Há outros dias suaves.
Nada torna, nada se repete, porque tudo é real.
(Alberto Caeiro)

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Solidariedade

A melhor recompensa que podemos receber, é perceber que fizemos algo por alguém.
Como nosso mundo, nosso país, seria melhor se dessemos um pouquinho só, muito pouco mesmo, do nosso tempo, para acrescentar algo à vida de alguém.
Na conversa de hoje, percebi, mais uma vez, o quanto algumas palavras podem acrescentar a vida de muita gente. Principalmente quando estamos falando de cidadania e direitos dos cidadãos.
Terminei, vi um senhor sair apressadamente da sala e fiquei preocupado. Pensei: não agradei. Quando já ia embora,  ouvi uma pessoa dizer: "o vovô saiu correndo porque estava doido pra fumar, mas disse que não conseguia sair antes da palestra terminar, porque estava adorando e aprendendo muito..."
Existe recompensa maior?
Certamente vale perder um almoço por isso...

Pratique a solidariedade cidadã.

Sonho realizado

Meu trabalho me proporciona algumas pequenas recompensas e hoje ganhei mais uma: visita guiada ao porta-aviões São Paulo, da Marinha Brasileira.
E descobri, mais uma vez, como nós, brasileiros, somos desinformados e temos uma "visão pobre" do nosso país. Sempre escutamos colocações depreciativas sobre o que temos ou não temos e, eu que sempre fui aficionado pela marinha, descobri hoje que somente 9 países no mundo possuem porta-aviões e o nosso é o maior do hemisfério sul. Só existem 20 destas naves, sendo que 11 são norte-americanas...Mais um sonho realizado: sentei na poltrona do comandante de uma das mais magnificas máquinas navais do mundo. Pesa cerca de 33 mil toneladas e navega mais rápido do que o catamarã Rio-Niterói!
Perdi o almoço a bordo, mas foi por uma boa causa...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Móveis

Experimentei comprar móveis pela internet.
Cara, o problema é a montagem. Foram duas horas e meia pra montar uma fruteira e duas noites pra montar um móvel de copa.
Mas, após uma prateleira encaixada "mais ou menos" (afinal por que diabos ela tinha que ter sido colocada antes de terem sido montadas as laterais?), uma porta só um pouquinho desalinhada e um dedo furado, posso dizer que, bem... estou aprendendo.
O engraçado é que sempre sobram algumas peças e faltam outras...
Mas, tudo bem, afinal, as instruções de montagem que eles mandam são do tipo: olha a imagem e te vira...
Se estiver precisando de um montador, conta comigo?

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

domingo, 18 de setembro de 2011

Meu castelo

video
Trilha sonora de um fim de semana com muito trabalho, mas também com sol, brisa e muito samba...

sábado, 17 de setembro de 2011

Entendimento


Para entender nós temos dois caminhos: o da
sensibilidade que é o entendimento do corpo; e o da
inteligencia que é o entendimento do espírito.
Eu escrevo com o corpo
Poesia não é para compreender mas para incorporar
Entender é parede: procure ser uma árvore.


(Manoel de Barros)

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Música

video
O grande amor da minha vida - Gustavo Lins.

Escrita

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."

(Clarice Lispector)

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Ouro Minas Palace Hotel

Apesar do visual interno, dos elevadores panorâmicos e da ótima cama,  aquele que propagandeia ser o único 5 estrelas de Belo Horizonte, deixa muito a desejar.
Quarto de fumante não tem cinzeiro, camareira entra inesperadamente, não possui cofre eletrônico, as escadas são bloqueadas por receio de "penetras" no café da manhã, sem levar em conta os riscos envolvidos e por aí vai.
A Copa do Mundo de futebol vêm aí heim...

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Hospitalidade mineira

A tradicional hospitalidade mineira, desta vez nos brindou com uma noite de comidas típicas do "estado sem praia", de deixar qualquer um mais gordo.
Sem contar as cachacinhas da terra, logo no dia da "marvada".
Só deu pra postar hoje, depois de um dia de intensos trabalhos.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Dia da cachaça


Um projeto de lei quer instituir o dia 13 de setembro como o Dia Nacional da Cachaça. A data resgata o dia de 13 de setembro de 1661, quando, depois de muita pressão dos produtores e consumidores, a coroa portuguesa autorizou a produção da cachaça no Brasil. Enquanto o dia não entra para o calendário oficial, alguns estabelecimentos já aderiram à celebração com um festival para homenagear o destilado.

Puxa, que coincidência! Logo hoje que estou em Minas Gerais...

Recomeça

Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.
E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…



(Miguel Torga)

domingo, 11 de setembro de 2011

True blood

video
Um "barato" essa abertura. E segue a 4a. temporada, 10o. capítulo.


Eu quero fazer coisas más com você

Quando você entrou o ar foi embora
E toda sombra se encheu de dúvida
Eu não sei quem você pensa que é
Mas antes que a noite acabe,
Eu quero fazer coisas ruins com você.

Eu sou do tipo que fica acordado a noite inteira em seu quarto
Coração doente e olhos cheios de tristeza
Eu não sei o que você fez comigo,
Mas eu sei que esse tanto é verdade:
Eu quero fazer coisas ruins com você.

Quando você entrou o ar foi embora
E todas aquelas sombras ali se encheram com dúvidas
Eu não sei quem você pensa que é
Mas antes que a noite acabe
Eu quero fazer coisas ruins com você.
Eu quero fazer coisas realmente más com você
Ow, ooh

Eu não sei o que você fez comigo,
Mas eu sei que esse tanto é verdade:
Eu quero fazer coisas ruins com você.
Eu quero fazer coisas realmente más com você.

Novo recomeço

Nada como o tema de Rota 66, pra representar mais um recomeço, mais um desafio profissional.
Outro marco, deixado para trás, num 11 de setembro...
video

sábado, 10 de setembro de 2011

Burt Bacharach

video
I'll never fallin in love again


O que você consegue quando se apaixona?
Um garoto com um alfinete para estourar a sua bolha
É isto que você consegue por todas as dificuldades
Eu nunca me apaixonarei novamente
Eu nunca me apaixonarei novamente

O que você consegue quando beija um garoto?
Você consegue germes suficientes para pegar uma pneumonia
Após você o beijar, ele nunca irá te ligar
Eu nunca me apaixonarei novamente
Eu nunca me apaixonarei novamente

Não me diga do que se trata
Pois eu já experimentei e estou contente por estar livre
Das correntes, das correntes que te prendem
E é por isso que aqui estou para lembrá-lo

O que você consegue quando beija uma garota?
Você consegue lágrimas suficientes para encher um oceano
É isso que você consegue por sua devoção
Eu nunca me apaixonarei novamente
Eu nunca me apaixonarei novamente

O que você consegue quando se apaixona?
Você consegue apenas mentiras e dor e sofrimento
Então, ao menos até amanhã
Eu nunca me apaixonarei novamente
Eu nunca me apaixonarei novamente

(Parte de Bacharach/David Medley)
Não me diga do que se trata
Pois eu já experimentei e estou contente por estar livre
Das correntes, das correntes que te prendem
E é por isso que aqui estou para lembrá-lo (aqui para lembrá-lo) 3x
O que você consegue quando se apaixona?
Você consegue apenas mentiras e dor e sofrimento
Então, ao menos até amanhã
Eu nunca me apaixonarei novamente
Oh, eu nunca me apaixonarei novamente

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Misty

video
Uma das minhas favoritas...


Olhe para mim
Desamparado como um gatinho numa árvore
E sinto-me nas nuvens
Não consigo entender
Sinto-me nas nuvens apenas por pegar na tua mão

Sigo meu caminho
E mil violinos começam a tocar
Ou poderia ser apenas o som de seu "olá"
A música que estou ouvindo
Sinto-me nas nuvens quando você está perto

Poderiam dizer que você está me seduzindo
Mas isto é exatamente o que eu queria
Você não percebe quão desesperadamente perdido estou
Por isso eu corro atrás de você

Por mim
Estaria sozinho vagando neste paraíso
Sem distinguir meu pé direito do esquerdo
Meu chapéu da minha luva
Sinto-me completamente nas nuvens e apaixonado

Olhe para mim

Dia do veterinário

Foi no dia 9 de setembro de 1933, através do Decreto nº 23.133, que o então presidente Getúlio Vargas criou uma normatização para a atuação do médico veterinário e para o ensino dessa profissão. Em reconhecimento, a data passou a valer como o Dia do Veterinário. Mas escolas de veterinária já existiam no Brasil, desde 1910.
É chamada de medicina veterinária a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de doenças dos animais domésticos e o controle de distúrbios também em outros animais.
Pessoas se dedicam a tratar de animais desde os tempos antigos, desde que começaram a domesticá-los. A prática da veterinária foi estabelecida desde 2.000 a.C. na Babilônia e no Egito. Porém, segundo alguns registros encontrados, remonta a 4000 a.C.
O Código de Hammurabi, o mais completo e perfeito conjunto de leis sobrevivente, que se encontra hoje no Museu do Louvre francês, desenvolvido durante o reinado de Hammurabi (que viveu entre 1792 e 1750 a.C.) na primeira dinastia da Babilônia, já continha normas sobre atribuições e remuneração dos "médicos de animais".
Na Europa, a história da veterinária parece estar sempre ligada àqueles que tratavam os cavalos ou o gado. Os gregos antigos tinham uma classe de médicos, chamada de "doutores de cavalos" e a tradução em latim para a especialidade era veterinarius. Os primeiros registros sobre a prática da medicina animal na Grécia são do século VI a.C., quando as pessoas que exerciam essa função - chamados de hippiatros (hipiatras, os especialistas da medicina veterinária que tratam dos cavalos) - tinham um cargo público. As escolas de veterinária surgiram na Europa no meio do século XVIII, em países como Áustria, Alemanha, Dinamarca, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Polônia, Rússia e Suécia.
O marco do estabelecimento da medicina veterinária moderna e organizada segundo critérios científicos é atribuído ao hipólogo francês Claude Bougerlat, na França de Luís XV, com a criação da Escola de Medicina Veterinária de Lyon, em 1761. A segunda a ser criada no mundo foi a Escola de Alfort, em Paris.
O Imperador Pedro II esteve, no ano de 1875, visitando a escola parisiense de Medicina Veterinária de Alfort e com a boa impressão que teve, decidiu criar condições para o aparecimento de instituição semelhante no Brasil, porém as duas primeiras escolas do gênero só apareceram no governo republicano: a escola de Veterinária do Exército, em 1914, e a escola Superior de Agricultura e Medicina Veterinária, em 1913, ambas no Rio de Janeiro.
O capitão-médico João Moniz Barreto de Aragão, patrono da medicina veterinária militar brasileira, foi o fundador da Escola de Veterinária do Exército em 1917, no Rio, mas a profissão não tinha regulamentação até o Decreto de Getúlio Vargas, de 9 de setembro de 1932, que vigorou por mais de trinta anos.
Para o exercício profissional passou a ser exigido o registro do diploma, a partir de 1940, na Superintendência do Ensino Agrícola e Veterinário do Ministério da Agricultura, órgão fiscalizador da profissão.
A partir de 1968, com a lei de criação dos Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária, foi transferida aos conselhos a função de fiscalizar o exercício dessa profissão e é também onde se faz o registro profissional.
A formação em medicina veterinária dura, em média, cinco anos, com os dois primeiros anos tratando das disciplinas básicas anatomia, microbiologia, genética, matemática, estatística, além de nutrição e produção animal. Depois é a vez de estudar as doenças, as técnicas clínicas e cirúrgicas e então optar pela especialização.
As especializações são clínica e cirurgia de animais domésticos e silvestres, e de rebanhos; trabalhar nas indústrias de produtos para animais, acompanhando a produção de alimentos, rações, vitaminas, vacinas e medicamentos; trabalhar em manejo e conservação de espécies, observando os animais silvestres em cativeiro para estudar a sua reprodução e conservação, implantando projetos em reservas naturais; fazer controle de saúde de rebanhos em propriedades rurais ou fiscalizar os estabelecimentos que vendem ou reproduzem animais; usando tecnologia, fazer melhoramentos de qualidade dos rebanhos.

PARABÉNS A TODOS OS VETERINÁRIOS E, EM ESPECIAL, A UMA VETERINÁRIA ESPECIAL!!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

My heart will go on


Puxa, essa música figurou entre as 10 piores dos anos 90, segundo os leitores da revista Rolling Stone...
Além disso, adoro esse filme! video

Todas as noites nos meus sonhos eu vejo você, sinto você.
É assim que eu sei que você segue em frente
Longe toda a distância e espaços entre nós
Você veio me mostrar que continuará.

Perto, longe, onde quer que você esteja.
Creio que o coração segue em frente
Uma vez mais, você abre a porta
E você está aqui, no meu coração.
E o meu coração continuará e continuará

O amor pode nos tocar uma vez e durar uma vida.
E nunca nos abandonar até termos partido.
Amor foi quando eu amei você, um momento verdadeiro a qual me seguro
Em minha vida nós sempre seguiremos em frente

Perto, longe, onde quer que você esteja
Creio que o coração segue em frente
Uma vez mais, você abre a porta
E você está aqui, no meu coração.
E o meu coração continuará e continuará.

Você está aqui, não há nada que eu temo
E eu sei que meu coração seguirá em frente
Ficaremos para sempre dessa forma
Você está seguro em meu coração
E meu coração continuará e continuará

Fernando Sabino

De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Impossível


Sozinho não posso
carregar um piano
e menos ainda um cofre-forte.
Como poderia então
retomar de ti meu coração
e carregá-lo de volta?
Os banqueiros dizem com razão:
"Quando nos faltam bolsos,
nós que somos muitíssimo ricos,
guardamos o dinheiro no banco".
Em ti
depositei meu amor,
tesouro encerrado em caixa de ferro,
e ando por aí
como um Creso contente.
É natural, pois,
quando me dá vontade,
que eu retire um sorriso,
a metade de um sorriso
ou menos até
e indo com as donas
eu gaste depois da meia-noite
uns quantos rublos de lirismo à toa.


(Vladimir Mayakovisky)

Do dia a dia

E aí? Vai perguntar novamente?

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Dia do sexo

Data escolhida por motivos óbvios: 6/9.
Veja dez motivos bem convincentes e animadores pra fazer sexo:

1. Melhora a beleza da pele;
2. Diminui o risco de infarto;
3. Queima calorias;
4. Melhora a autoestima;
5. Fortalece a musculatura;
6. Aprimora o desempenho;
7. Aumenta a imunidade;
8. Alivia o estresse;
9. Aproxima o casal;
10. Dar aquela cochilada gostosa depois...

Bom, agora eu vou indo, tá...

Prato de arroz


Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um
parente, quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado.
Ele se vira para o chinês e pergunta:
- Desculpe-me, mas o senhor acha mesmo que o seu
defunto virá comer o arroz?
E o chinês responde:
- Sim, geralmente na mesma hora em que o seu vem cheirar
as flores!

Respeitar as opções do outro "em qualquer aspecto" é
uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente.
Nunca julgue. Apenas compreenda.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Barcas S. A.

Mais uma semana, mais um dia, mais uma manhã e mais problemas no transporte aquaviário Rio-Niterói.
Hoje, foram os motores do catamarã das 6 e 30 horas que tiveram suas potências reduzidas, devido a tal da falha técnica...
Nada demais para a Barcas S. A. Apenas uns 10 minutos a mais para os que necessitam de seus serviços. Mas, de 10 minutinhos em 10 minutinhos, deixamos de trabalhar, né. Será que a agência reguladora sabe dessas "falhas técnicas", que sempre ocorrem?

Tears in rain

video
Mais cenas de Blade Runner, mais música fantástica de Vangelis...

domingo, 4 de setembro de 2011

Domingo gostoso

Belo domingo de sol,
 com brisa no catavento...
Churrasco, companhias agradáveis,
 Conan pedindo no bar
 e meu hóspede tomando seu banho diário.

sábado, 3 de setembro de 2011

O museu da inocência



Foram as 562 páginas mais cheias de expextativas que já li.
Eu, que já tinha adorado "Neve", fiquei fascinado de vez com a narrativa de Pamuk.
O livro fala do amor de um homem sobrevivendo ao tempo, mas a obra não é apenas isso. O livro oferece possibilidades variadas de leitura.
Através do texto somos levados à Istambul da década de 70, conhecendo o protagonista e narrador da história, Kemal. Um homem de 30 anos, rico, feliz e noivo de uma mulher da sociedade, tendo um futuro promissor. Uma vida perfeita, embora não seja nesse momento que ele reconheça a própria felicidade. O que o narrador nos confidencia é que ele nunca fora mais feliz do que em uma tarde passada com a amante, uma prima distante chamada Füsun, que reencontra por acaso mas que nunca mais sai de sua vida.
O interessante na narrativa sobre o amor desses personagens é que Pamuk utiliza o recurso de flashforward, seguindo uma narrativa linear, da década de 70 até o fim da década de 90, em alguns momentos fazendo saltos para o futuro.
Além disso, há um relato das mudanças pelas quais a Turquia passou ao longo dos anos, de um tempo em que o sexo antes do casamento ainda era visto como costume “europeu” e “moderno”, até os dias mais atuais, quando as ruas e prédios pelos quais o personagem andara não mais existiam. Essa marcação do tempo, a surpresa diante das mudanças, o descompasso de quem está tão apegado às memórias que não vê o futuro chegando, aparece a todo momento na história.
A memória é peça-chave, porque é a partir dela que o personagem consegue por muitos anos o seu contato com Füsun, e manter vivo o amor (ou obsessão) que sentia por ela. É a mesma coisa que nos faz guardar uma carta de um antigo amor, a foto de algum lugar que visitamos ou o canhoto de uma apresentação de teatro em especial. Mas no exagero de Kemal, tantos objetos são recolhidos que próximo ao fim ele resolve fazer o Museu da Inocência, para manter viva a memória de sua amada.
É curioso o momento em que Kemal passa a ficar obcecado por museus. No que era uma pesquisa para criar seu próprio museu, é possível dizer que o personagem desenvolve uma nova paixão. E da necessidade de catalogar os itens e contar as histórias dele, Kemal pede ajuda do escritor Orhan Pamuk para contar seu amor, num inteligente uso da metalinguagem.
Nisso, temos um texto com duas vozes. A maior parte do tempo domina o narrador-protagonista Kemal (curioso ler o personagem queixando-se da escolha do autor pela narração em primeira pessoa, a partir do ponto de vista de Kemal), mas mais para o fim ele diz adeus e então Pamuk se apresenta, e assume o resto da narrativa como um narrador-personagem, que investiga a história de Kemal buscando outros pontos de vista.
É um romance lindo porque o protagonista, obsessivo com relação ao amor, ainda assim consegue, através de metáforas e comparações, fazer dele um personagem bastante comum e crível. Impossível não se reconhecer em algumas nuances das personalidades de Kemal, e compreender o personagem, especialmente quando no belíssimo desfecho ele garante ao leitor: "Que todo mundo saiba que tive uma vida muito feliz."
Livro espetacular!
Há, e a capa do livro é perfeita...

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Canção do poeta difícil


A minha pena é áspera; a folha, que nem zinco!
Onde a cantiga tão doce
Que o meu amor cantava?
As palavras ficam-me nas linhas como urubus
plantados na cerca.
Quando eu era um passarinho
Morava numa gaiola
Que eu pensava que era um ninho...
Mas até onde, até onde eu vou puxar esta carreta?!
Quando eu era pequenino
Não usava ponto-e-vírgula...
Onde o arroio tão puro
Que de tão puro sumiu?"

(Mário Quintana)

Rio de Janeiro em 1936

video
Filme "gringo" de 1936, sobre o Rio de Janeiro. "Cidade de esplendor".
Eles pontuavam a ausência de segregação racial por aqui...
Bem, além disso, se você assistir ao filme com olhos de sociólogo, perceberá muito do que assistimos nos tempos atuais...

Rock in Rio

video
Tá chegando...

Karma - Joss Stone


Se eu fosse um pouco mais forte, querido
Poderia ter feito durar um pouco mais, talvez
Poderia ter feito por mim, eu deveria ter apenas deixado você ir
Eu deveria ter sido um pouco mais forte, querido

Se eu fosse um pouco mais doce, querido
Eu sei, eu sei, eu sei que eu não estaria aqui sozinha
Graças a Deus eu sou um pouco malvada, querido

Eu sou o que sou, você fez o que fez
Estou contente por não ser uma pecadora, querido, porque eis a reviravolta
Você é o que você é, eu vi o que eu vi
Era como um mestre, mas você é um safado

Você poderia ter tentado um pouco mais, querido
Você poderia ter sido um pouco mais inteligente, querido
Tentei não ver quando você estava se escondendo de mim
Você poderia ter tentado um pouco mais, querido

Sim, você é.
Agora eu tenho uma arma carregada, agora querido
Vou adorar ver você correr como uma garota
E chorar como um bebê, assim como chorei quando você se foi

Veja Eu..
Eu deveria ter sido um pouco mais forte
Eu deveria ter sido um pouco mais dificil
Deveria ter sido um pouco mais dura
Deveria ter sido um pouco mais inteligente
Deveria ter sido um pouco mais grossa
Deveria ter sido um pouco mais forte
Deveria ter corrido um pouco mais rápido
Pra longe de você, baby
Longe de você ..

Eu fiz isso por mim
Agora, o sentimento se foi
Ja se foi.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Rolling in the deep

video
Adele, voz deliciosa e letra que diz tudo.
Sem mais comentários...

Energia elétrica no Brasil

Recebi cópia do folheto abaixo, o qual está sendo distribuído na área da Av. Paulista, em Sampa.
Ele dá uma explicação de uma parte dos altos custos da nossa energia, apesar de não tocar na parte do preço de venda da energia para nós consumidores, onde há uma parcela bem significativa de impostos.